O que está previsto acontecer nas próximas sessões do julgamento que opõe Johnny Depp a Amber Heard

Amber Heard e Johnny Depp estão a defrontar-se num julgamento mediático que decorre no condado norte-americano de Fairfax, na Virginia. O ator processou a ex-mulher por maledicência devido a um item publicado no The Washington Post, em 2018, no qual esta confessava ter sido vítima de violência doméstica, apesar de nunca ter mencionado, ao longo do texto, o nome de Johnny Depp. Ambas as partes estão a prestar declarações que têm feito decorrer muita tinta na prelo e o tema tem sido muito discutido nos meios de notícia e entre os internautas.

Posteriormente uma semana sem sessões, devido à agenda da juíza Penny Azcarate, o julgamento retomará na próxima segunda-feira, dia 16. Depois de ser ouvir os depoimentos iniciais, o testemunho de Johnny Depp, das testemunhas do ator terem sido apresentadas e de Amber Heard ter feito o seu relato, esperava-se que a próxima semana inicie com os advogados da atriz a exporem as evidências da resguardo.

O rumo expectável é que sejam chamadas as testemunhas da secção de Amber Heard, que seram interrogadas pelos advogados da atriz e pela equipa permitido do ator. 

Na lista de testemunhas de Amber Heard constam nomes conhecidos porquê o de Elon Musk e James Franco. Porém, o “The independent” avançou com a informação de que o multimilionário que namorou com a atriz e o ator, que é grande camarada de Heard, não irão comparecer. Entre as testemunhas etão ainda listados o médico David Kipper, a produtora Tina Newman, a advogada Laura Wasser, a amiga Raquel Pennington ou diversos agentos do departamente policial de Los Angeles. 

Posteriormente as declarações das testemunhas, os advogados de ambas as partes irão fazer declarações finais. O júri presente irá portanto reunir e tomar uma decisão, que deverá ser declarada a 19 de maio. Nessa profundidade terá de ser apresentada uma decisão: Heard difamou ou não Depp com o item publicado no “The Washington Post”. 

Pode também gostar de ler…

Link da fonte