O truque para descodificar rótulos nutricionais e fazer escolhas melhores

É pelo rótulo que descobrimos se um comida tem excesso de gordura, açúcar ou sódio. Assim sendo, oriente é um fator principal para ajudar as pessoas a fazerem as melhores escolhas. Porém, ele nem sempre é fácil de descodificar.

 Em universal, os mantimentos processados possuem um número saliente de ingredientes e, sobretudo, ingredientes com nomes pouco familiares e que não são usados na cozinha. Os consumidores também devem estar atentos às informações em destaque nas embalagens uma vez que, por exemplo, “sem açúcar”, “sem gordura” e “natural”. Lembre-se de que o packaging também é um instrumento de marketing e o que está lá escrito não significa que se trate de uma opção saudável.

Se pretende ter uma sustento mais cuidada, veja os rótulos nutricionais uma vez que aliados nesse processo. Se coisas uma vez que açúcar, sal ou gordura aparecerem uma vez que os primeiros na lista, isso é um sinal de alerta, porque significa que o resultado tem mais desses ingredientes do que qualquer outro componente.  Na hora das compras, o mais indicado é optar por produtos ‘do bem’ e minimamente processados. Devemos esburgar mais e desembalar menos.

Em caso de dúvidas, o Programa Pátrio para a Promoção da Alimento Saudável (PNPAS) da Direção-Universal de Saúde criou dois descodificadores de rótulos, um para mantimentos e outro para bebidas, que podem ser usados uma vez que referência. “Opte por alimento e bebidas com nutrientes maioritariamente na categoria verde, modere aqueles com um ou mais nutrientes na categoria amarela e evite aqueles com um ou mais nutrientes na categoria vermelha”, aconselha o PNPAS.





Link da fonte