Entenda as diferenças entre estes produtos de beleza bastante populares

A rotina diária de beleza é um momento muito importante de self care. Porém, às vezes, realizar esses cuidados pessoais pode ser um pouco complicado, principalmente para iniciantes, que podem confundir-se com a grande quantidade de produtos disponíveis no mercado.

Para ajudar no sentido de descomplicar o processo, esclarecemos as grandes diferenças entre alguns produtos de beleza bastante populares e que parecem semelhantes à primeira vista.

Sabão Convencional Vs. Sabão Facial

Muitas pessoas acreditam que o sabonete facial é somente uma estratégia de marketing, mas não é muito assim. O sabonete convencional e o sabonete facial têm diferenças importantes – e é recomendado que tenha os dois. “O pH do sabonete convencional é incompatível com a pele do rosto. Portanto, se for usado nesta área, pode causar desidratação. E verifica-se o mesmo no caso contrário, pois, por ser mais suave, o sabonete facial pode não ser eficaz na remoção de sujidade e oleosidade do corpo”, diz a dermatologista Paola Pomerantzeff à revista L’Officiel.

Esfoliante Facial Vs. Esfoliante Corporal

Mais uma vez, a existência de um esfoliante para cada secção do corpo não é uma jogada de marketing. “A pele do corpo é diferente da pele do rosto e, por isso, deve ser tratada com produtos específicos. Um esfoliante adequado para uso no corpo, geralmente, contém partículas maiores para poder tratar a pele da área, que é mais espessa, com eficácia. Consequentemente, esses produtos são mais abrasivos e podem causar lesões quando usados no rosto, que tem a pele mais sensível”, explica o dermatologista Abdo Salomão Jr.

Chuva Micelar Vs. Tónico Adstringente

Segundo a Dra. Pomerantzeff, tanto o tónico facial quanto a chuva micelar funcionam porquê um complemento à limpeza da pele, removendo impurezas que não saíram somente com o sabonete, além de normalizarem o pH da pele, o que também contribui para uma melhor aspiração dos ativos cosméticos que serão aplicados. A diferença entre estes produtos está na indicação. “A água micelar contém micelas que atraem impurezas, poluição e partículas de óleo sem a necessidade de fricção, tornando-a ideal para peles mais secas e sensíveis. O tónico adstringente, por outro lado, tem age no controlo da oleosidade e, portanto, é recomendado para peles oleosas e mistas”, aconselha a técnico, acrescentando que a chuva micelar pode servir porquê desmaquilhante. 

Cremes Vs. Séruns

Ambos os produtos têm a função de hidratar a tez e também podem trazer na elaboração uma série de ingredientes escolhidos de conciliação com as características de cada pele. “Esses produtos podem ser formulados com uma série de ativos para responder às necessidades de cada pele, como calmantes, anti-inflamatórios, clareadores, rejuvenescedores e, principalmente, antioxidantes”, explica a Dra. Roberta Padovan. O grande fator diferencial entre os dois produtos está na textura do cosmético e, consequentemente, na sua indicação. “Os séruns, assim como os géis, são mais leves e indicados principalmente para o tratamento de peles oleosas e mistas, enquanto os cremes (e as loções) são mais espessos e ideais para pele seca”.



Link da fonte