Diversidade e amor na nova campanha da Mango, ‘This is Family’



São sete as famílias que protagonizam a nova campanha da Mango, ‘This is Family’. A comemorar a heterogeneidade, encontramos a família García, formada por três gerações: Devyn, a sua mãe e a sua avó. Os irmãos Clark (Bronte, Carter e Darcy) aparecem ao lado da sua mãe, Caroline Barton. A família Dia é composta pelos irmãos Alpha e Ousseynou e a sua avó Birane. Outros protagonistas são os Chabernaud, com Clément escoltado pelo seu irmão e pelo pai. Também há dois casais, Gigi Ringel e Eeva Lioni, e Julia Bergshoeff e Camille Tanoh. Por último, as irmãs Ashley Radajarme e Shirley Radjarme formam a última família desta campanha.

Famílias reais. Singularidade, amor, união. Não interessa nenhum padrão, interessam os laços que unem as pessoas e que lhes dão um sentido de família e de comunidade. Isso mesmo está comemorado nas fotografias que captam momentos íntimos e cúmplices e, que marcam o arranque da estação outono-inverno 2021 para a marca espanhola.

Por ocasião do lançamento da campanha, tivemos oportunidade de falar com as irmãs Ahsley e Shirley Radjarame, cuja mãe imigrou sozinha da Indía para a França.

Família são pessoas com quem crescemos, pessoas com quem nos sentimos confortáveis, e que nos vão amar, não importa o que aconteça. Sentimo-nos em casa com elas”, disseram quando questionadas sobre o significado da palavra ‘família’. As duas irmãs falaram sobre esta experiência e revelaram que, depois do invitação feito, foi com prazer que o aceitaram: “Foi uma experiência boa termos oportunidade de fazer isto juntas e de nos unirmos ainda mais. O elenco foi muito diversificado, acho que representa e destaca a maioria das famílias que podemos encontrar. Sempre nos sentimos bem em nossa família, mesmo que houvesse diferenças que nos tornassem únicos.” Ao olhar para a objetiva do fotógrafo somente um libido: “captar o nosso vínculo, o amor uns pelos outros com simplicidade”. No final, ficaram felizes com o resultado: As fotos parecem realmente naturais, porquê as que podemos encontrar em mansão. “

Quem também falou connosco foi o o padrão Alpha Dia, que participou nesta campanha ao lado do irmão e da sua avó. Alpha começou por explicar que nascente foi “um grande desafio” pelo qual ficou muito entusiasmado. A sua identificação com esta campanha foi a “cem por cento”. “Posso definitivamente identificar-me com o lema da campanha porque o meu irmão e eu não temos a oportunidade de ver minha avó muitas vezes. Ela ter voado até aqui para me ver no trabalho e ver o que eu faço foi uma bênção e sou eternamente grato por essa oportunidade.” Dai a impaciência oriundo para ver o resultado final: “No dia em que estávamos a fotografar, só a ver como o fotógrafo estava a captar o retrato da minha avó, sabia que essa seria uma das fotos mais bonitas que eu veria enquanto trabalhava. Estou muito empolgado com o resultado final.”

Quanto à receção da avó ao repto, não podia ter sido melhor: “Nem tive que convencê-la. Para ela este foi um momento de sorte e uma bênção por ter a oportunidade de filmar em Barcelona. Ter um visto para vir para a Europa e conseguir tratamento médico foi a melhor bênção”

Alpha frisa o quanto a família é importante para ele: “Eles são a minha motivação para o meu dia a dia, neles posso sempre ver o reflexo perfeito de mim mesmo”. E acrescenta: “No Senegal, dizemos que os parentes mais próximos são os nossos vizinhos, então sentimo-nos sempre conectados. Também estamos prontos para aceitar os outros. Da mesma forma, fazemos a nossa própria família.Sinto que podemos fazer uma casa em qualquer lugar. Acho que isso é muito importante. Quando criança, tive que deixar meu país de origem para encontrar uma nova casa na Alemanha. Encontrei lá o mesmo amor. Não importa onde estejamos no mundo, podemos sempre encontrá-lo.”

Link da fonte