Está aí o ‘Miúdos a Votos’ 2021-2022!

Leitura e cidadania, eis as palavras-chaves de ‘Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?’, uma iniciativa da VISÃO Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares que pretende promover a voz dos jovens nas nossas escolas, o paladar pelos livros e a participação cívica – tudo de forma muito proveniente e descontraída, aprendendo sem se dar conta disso.

A mecânica é simples e segue exatamente os mesmos passos de um processo eleitoral político: seleccionar os livros preferidos dos alunos portugueses. Qualquer escola com alunos entre o 1º e o 12º anos, pública ou privada, em Portugal ou no estrangeiro, pode participar.

Os alunos começam por propor o seu livro preposto às eleições nacionais (o que corresponde à apresentação de candidaturas numas eleições políticas, uma vez que as que vamos ter a 30 de janeiro do próximo ano). Vão às eleições nacionais os livros que reunem maior número de candidaturas (tal uma vez que nas eleições presidenciais, por exemplo, é necessário um número mínimo de assinaturas para uma pessoa se candidatar).

Durante a campanha eleitoral, os alunos tentam convencer os seus amigos e colegas a ler o livro de que eles mais gostam, recorrendo a cartazes, autocolantes e panfletos distribuidos em debates, comícios e sessões de justificação que fazem na sua escola. Os recreios são transformados em festas dos livros. Há até a possibilidade de fazer tempos de antena para a rádio, seguindo exatamente as mesmas regras de uma campanha política, que são depois transmitidos na Rádio Miúdos.

Outros alunos poderão participar sendo repórteres da VISÃO Júnior na sua escola, o que permitirá interação com os jornais e rádios escolares e os clubes de jornalismo.

As eleições, que se realizam a 23 de março, são organizadas com a ajuda dos próprios miúdos, que, além de estarem presentes na mesa de voto, participam também no escrutínio.

‘Miúdos a Votos’ termina com uma grande sarau em que são revelados os resultados da votação vernáculo e em que as escolas mostram o que de melhor produziram para a campanha eleitoral. A sarau final realizar-se-á na Instalação Gulbenkian, a 20 de maio.

O projeto reveste-se de privado interesse num ano em que se realizam eleições legislativas em Portugal – os alunos ficarão a saber melhor todo o processo, metendo as mãos na tamanho. É também uma oportunidade para os professores abordarem, com a ajuda da VISÃO Júnior, temas relacionados com a desinformação e as diferenças entre factos e opiniões.

‘Miúdos a Votos’ realiza-se leste ano pela sexta vez. O ano pretérito votaram 75 715 alunos e participaram mais de 500 escolas, o que teria oferecido, numa eleições a sério, para seleccionar um deputado.

Para participar, uma escola tem somente de se inscrever, preenchendo leste formulário muito simples. Qualquer professor o pode fazer. Encontra mais informações no regulamento.

Ao longo da iniciativa, a VISÃO Júnior vai disponibilizando material de suporte à iniciativa, uma vez que cartazes de divulgação para as escolas, explicações sobre os vários momentos de uma eleição política, instruções sobre uma vez que organizar a votação e material de suporte aos alunos que queiram ser repórteres da VISÃO Júnior nas suas escolas. Aliás, estão previstos uma série de webinars sobre o mundo da informação, abertos a alunos e professores, a realizar em janeiro e fevereiro.

A VISÃO Júnior tem uma campanha de assinaturas peculiar para as bibliotecas das escolas que se inscrevam em ‘Miúdos a Votos’.

‘Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes’ conta com o suporte da Percentagem Vernáculo de Eleições, Projecto Vernáculo de Leitura 2027, Instalação Calouste Gulbenkian, Pordata e Rádio Miúdos. Tem o patrocínio da Editora Booksmile.

Para saber mais:

Se os alunos gostam de ‘Gravity Falls’ ou de ‘After’, de que outros livros podem gostar? Eis as sugestões do Plano Nacional de Leitura 2027

Uma vez que ‘Miúdos a Votos’ ajuda ao desenvolvimento de competências e está integrado nos currículos

A Rede de Bibliotecas Escolares explica a prestígio e o interesse de ‘Miúdos a Votos’

A opinião de alunos do 1º ciclo sobre ‘Miúdos a Votos’: ‘Porque gostamos deste projeto’

Os resultados da votação de 2021 no 1º ciclo, 2º ciclo, 3º ciclo e secundário.

Link da fonte