Saltar para conteúdo
Horas indisponiveis
Setúbal,

Jornal regional de Setúbal

PUB
obocagiano Uma Zona Especial de Protecção foi estabelecida em torno das Grutas da Quinta do Anjo, no concelho de Palmela. A decisão foi publicada em Diário da República.
Palmela: Grutas da Quinta do Anjo têm Zona Especial de Protecção
Uma Zona Especial de Protecção (ZEP) foi estabelecida esta quarta-feira, dia 11, em torno das Grutas da Quinta do Anjo, no concelho de Palmela. A decisão foi publicada em Diário da República e tem como objectivo "assegurar a protecção das grutas e da sua envolvente imediata".
 
De acordo com a autarquia de Palmela, a ZEP vai ajudar a promover "a salvaguarda de possíveis núcleos arqueológicos secundários, a integridade do contexto geológico e o enquadramento paisagístico" do local. "Dentro da ZEP é ainda fixada uma zona non aedificandi, para protecção da envolvente do sítio arqueológico", explica em nota de imprensa.
 
A portaria no Diário da República salienta que "este sítio arqueológico corresponde a quatro grutas circulares independentes, escavadas no interior de uma pequena colina alongada e inseridas na tipologia das grutas-necrópole artificiais de índole megalítica, utilizadas entre o Neolítico Final e o Calcolítico Final".
 
A Necrópole Calcolítica da Quinta do Anjo foi considerada monumento nacional em Abril de 1934. No interior dos quatro túmulos escavados na rocha há cerca de 4.500 anos foram encontrados vestígios arqueológicos, como cerâmicas e utensílios de uso quotidiano, "que receberam o nome de 'Taças Tipo Palmela ' e 'Pontas Tipo Palmela' pela originalidade das suas formas e decoração".
 
As grutas serviram de sepulturas durante mais de mil anos e remontam aos finais da Idade da Pedra e inícios da Idade dos Metais. Os objectos encontrados em redor destes espaços indicam que foram realizadas cerimónias fúnebres naquele local.
 
Clique aqui para consultar a portaria publicada em Diário da República.
 
Fotos: © CMPalmela / CorreiaPM

Últimas Notícias

Produtores querem certificação do arroz carolino de Alcácer do Sal

A certificação do arroz de Alcácer do Sal está em curso. O Agrupamento de Produtores de Arroz do Vale do Sado acredita que a declaração vai "dar notoriedade ao produto".

Retrato de Setúbal durante a ditadura militar é publicado em livro

"Setúbal sob a Ditadura Militar (1926-1933)" é o título da obra de Albérico Afonso. O historiador revela o período vivido na cidade entre o fim da primeira República e o início do Estado Novo.

Sesimbra: Autarquia abre concurso para cafetaria na Fortaleza de Santiago

A Câmara Municipal de Sesimbra vai lançar uma hasta pública de concessão para instalação e exploração de uma cafetaria com esplanada na Fortaleza de Santiago.

Noticias Relacionadas

PUB

Tópicos

PUB