Saltar para conteúdo
Horas indisponiveis
Setúbal,

Jornal regional de Setúbal

PUB
obocagiano A freguesia do Laranjeiro, no concelho de Almada, vai passar a contar com duas unidades cuidados de saúde, com capacidade para 120 camas.
Almada: Novas unidades de saúde abrem no Laranjeiro
A freguesia do Laranjeiro, no concelho de Almada, vai passar a contar com duas unidades cuidados de saúde, com capacidade para 120 camas, a partir desta sexta-feira, dia 13. A LAHGO Continuados e a LAHGO Sénior são inaugurados às 11h00, pela Liga dos Amigos do Hospital Garcia da Orta (LAHGO).
 
A LAHGO Continuados - Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) e a LAHGO Sénior – residência sénior, totalizam uma área coberta de 8000 m2 com capacidade para acolher até 120 utentes. 
 
A UCCI e a residência sénior vão criar "mais de 80 novos postos de trabalho directos, prevendo-se um quadro de pessoal próximo dos 200 funcionários", garante Fernando Neves, presidente da LAGHO.
 
Cada uma das novas unidades possui 20 quartos duplos e 20 quartos individuais. A LAHGO Continuados integra a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados e funcionará como um "hospital de retaguarda", com capacidade para acolher 60 pacientes (30 de média duração – até 9 meses – e 30 de longa duração – até ao final da vida).
 
Com uma capacidade instalada de 60 camas, a LAHGO Sénior vai disponibilizar uma oferta diferenciada de cuidados de saúde, com destaque para a diversidade de cuidados na área da reabilitação, psicomotricidade, estimulação psicológica e cognitiva, actividades de lazer e culturais, dispondo ainda de um cabeleireiro, um centro de estética e um spa geriátrico.
 
Segundo a autarquia, "esta unidade residencial destina-se a apoiar seniores e pessoas com grau de dependência, respondendo também a situações de doença crónica prolongada e algumas situações de demência".
 
O complexo de cuidados de saúde e sociais vai integrar ainda serviços de reabilitação, cuidados de enfermagem e consultas de especialidade, nas áreas de medicina interna, neurologia, gastroenterologia, psiquiatria, ginecologia, cardiologia, medicina dentária, fisiatria, terapia da fala, nutrição e psicologia.
   
Fernando Neves destaca que, apesar de serem espaços privados, "a população mais carenciada poderá usufruir de algumas consultas de valor muito reduzido".
 
A LAHGO Continuados e a LAHGO Sénior vão ficar localizados na Rua Luís Villas Boas, números 20-22, na freguesia de Laranjeiro. O investimento global nos novos equipamentos ascendeu aos 12,5 milhões de euros, dos quais a autarquia local contribuiu com 350 mil euros, além da cedência do terreno e da isenção das taxas municipais no valor de meio milhão de euros.

Últimas Notícias

Sesimbra: Praia do Ribeiro do Cavalo vai receber acção de voluntariado

A iniciativa de voluntariado "Sesimbra Praia Limpa" tem como objectivo limpar a Praia do Ribeiro do Cavalo através de três acções de limpeza, entre Julho e Setembro deste ano.

Barreiro: Pedro Ferreira é o novo director da Escola Superior de Tecnologia

Pedro Ferreira vai tomar posse como director da Escola Superior de Tecnologia (EST) do Barreiro esta semana. A cerimónia inclui a tomada de posse de Raquel Barreira como subdirectora da EST.

Setúbal: Trânsito condicionado na zona do Troino

As filmagens da telenovela "Mar Salgado" na zona do Troino vão motivar um conjunto de cortes de trânsito na zona do Troino, em Setúbal, esta terça-feira.

Noticias Relacionadas

Barreiro: Utentes protestam contra reorganização hospitalar

Os utentes do Centro Hospitalar Barreiro/Montijo concentraram-se esta manhã em frente às instalações deste serviço para contestar a reorganização da rede pública hospitalar.

Bruno Vitorino nega encerramento de maternidades no distrito de Setúbal

Presidente da distrital de Setúbal do PSD diz que "nunca esteve previsto o encerramento de qualquer maternidade no distrito". A reorganização hospitalar tem vindo a ser contestada no distrito.

Setúbal: Municípios vão protestar em Lisboa contra a reorganização da rede hospitalar

A AMRS convocou uma concentração em defesa da manutenção de valências nos hospitais da região. Os municípios do distrito de Setúbal opõem-se à reorganização da rede hospitalar pública.

Setúbal: União de Sindicatos teme falta de assistência nos hospitais com nova portaria

A União de Sindicatos de Setúbal alerta para a possível perda de valências e falta de assistência nos hospitais da região com a nova portaria do Governo.

PUB

Tópicos

PUB